Decoração

Saiba como adaptar a casa para crianças pequenas

fevereiro 20, 2019

A criançada não tem jeito: independentemente da idade, são sempre curiosas, cheias de vida e aprontam o dia todo. Por conta disso, é fundamental adaptar a casa para crianças a fim de protegê-las de acidentes e outros riscos que podem ser prejudiciais à saúde delas.

Com alguns cuidados na disposição e escolha das mobílias, por exemplo, é possível fazer de nosso lar um local seguro para abrigar as brincadeiras e o desenvolvimento adequado dos pequenos sem a necessidade de privá-los das descobertas inerentes da infância.

Pensando nisso, preparamos este artigo com algumas dicas de organização e adaptação para tornar a sua casa segura para a galera infantil. Dessa maneira, você pode ficar muito mais tranquilo ao saber que elas poderão se divertir sem maiores problemas. Vamos lá? Boa leitura!

Quais são os acidentes domésticos mais comuns entre as crianças?

Crianças de todas as idades estão propensas a se machucar em suas próprias casas. Afinal, não é para menos: elas estão sempre em movimento e, em muitos casos, ainda não desenvolveram corretamente a coordenação motora, aumentando as possibilidades de tropeçar, cair e de se machucarem de outras formas.

No entanto, os perigos também estão escondidos nos detalhes mais específicos. Particularidades podem levar crianças a sofrerem acidentes comuns, que incluem:

  • asfixia;
  • engasgos;
  • intoxicações;
  • envenenamentos;
  • quedas graves;
  • queimaduras;
  • choques elétricos.

Como adaptar a casa para crianças e torná-la um ambiente mais seguro?

Agora que já sabemos quais são os perigos mais comuns para a criançada dentro de casa, que tal conferirmos as maneiras de evitá-los e fazer de nosso lar um ambiente mais seguro? Confira algumas das principais ideias para tornar isso possível:

Escolha mobílias seguras

O primeiro passo para uma casa realmente adaptada para crianças é a escolha de uma mobília segura. Ela deve ser de qualidade e preferencialmente pesada para evitar que tombe caso o pequeno se pendure para subir. Além disso, é indicado que elas tenham pés antiderrapantes a fim de evitar acidentes.

Mantenha os armários trancados

Outra dica interessante é manter as portas de todos os armários devidamente trancadas, evitando que as crianças entrem e se fechem dentro ou que elas peguem alimentos, remédios e outros produtos que se encontram dentro dos móveis. Caso não haja trancas nas portas, é possível comprar ferramentas lacrá-las.

Deixe as tomadas em uma altura adequada

Sempre que possível, posicione as tomadas e interruptores a pelo menos 1 metro de distância do chão. Isso evita que as crianças menores coloquem os dedos ou outros objetos nos orifícios da tomada, evitando choques potencialmente graves e até mesmo fatais.

Esconda os fios e cabos

Outro risco envolvendo choques elétricos reside nos cabos e fios, estejam eles desencapados ou não. Por isso, é sempre recomendado utilizar ferramentas próprias para escondê-los e evitar que fiquem expostos às crianças.

Favoreça a circulação no ambiente

A boa disposição e otimização da mobília e dos elementos de todos os cômodos também são fundamentais para evitar acidentes domésticos com os pequenos. Por isso, busque sempre deixar passagens amplas e evite a aglomeração de móveis ou outros itens que possam causar tropeços e machucados indesejados.

Mantenha os móveis afastados de locais altos

Além de favorecer a mobilidade da criançada, é sempre indispensável que móveis como a cama ou cômodas estejam longe das janelas ou de qualquer lugar alto, já que assim as crianças podem escalar e sofrer quedas muito sérias.

Proteja as crianças das panelas

Deixar as panelas sempre com os cabos virados para o lado ‘’de dentro’’ do fogão é uma maneira de evitar que elas segurem os itens pelo cabo e os derrubem. Isso evita não só o desperdício de alimentos, mas também queimaduras sérias e outros ferimentos, especialmente em crianças muito pequenas.

Deixe os produtos de limpeza fora do alcance

Outra recomendação indispensável diz respeito ao bom condicionamento de produtos químicos, como os itens utilizados para a realização da limpeza dos ambientes. Não é incomum nos depararmos com crianças que ingeriram produtos proibidos pelo fato de estarem ao alcance de suas mãos. O mesmo vale, evidentemente, para remédios e outros itens do gênero.

Utilize toalhas curtas na mesa

A curiosidade das crianças não tem limite e, para conseguir observar pontos complicados, elas não medirão esforços. Por isso, escolha toalhas de mesa que não fiquem com a ponta ‘’sobrando’’. Isso evitará que os pequenos se apoiem no tecido para observar a superfície da mesa, puxando-o e derrubando os itens sobre os seus corpos.

Instale portões nas áreas perigosas

Algumas regiões da casa são proibidas para crianças, não é mesmo? Nesses casos, você pode optar por instalar portões removíveis para evitar que seu filho passe para tais ambientes. Um bom exemplo é a parte superior das escadas, evitando quedas que podem gerar fraturas e consequências sérias.

Escolha o piso e revestimento adequado

Quando falamos sobre crianças, é muito importante pensarmos em um piso que seja antiderrapante e permita que ela corra com segurança pelo lar. Caso a troca do revestimento não seja possível, a utilização de tapetes com a função antiderrapante é sempre recomendada para minimizar riscos.

Instale redes de proteção nas janelas

As telas de proteção (sejam elas de nylon, ferro ou qualquer outro material) são indispensáveis quando falamos sobre indivíduos que moram em apartamentos. Elas devem ser instaladas por empresas de confiança e que ofereçam garantia de segurança para o produto.

Escolha brinquedos adequados

Por fim, uma dica muito importante é comprar sempre brinquedos adequados para a faixa etária das crianças da casa. Isso evitará que peças pequenas sejam engolidas e que a criança se asfixie com os itens. O mesmo vale para qualquer tipo de produto com partes pequenas removíveis, que não devem jamais ficar ao alcance dos pequenos.

Como podemos perceber, os acidentes domésticos podem vir das mais variadas formas e, portanto, adaptar a casa para crianças é essencial. Devemos prestar muita atenção nos detalhes para garantir que a criançada se desenvolva e passe todos os bons momentos de sua infância em um ambiente de total segurança.

Gostou deste artigo? Então que tal receber as próximas publicações diretamente em seu endereço de e-mail? Preencha o campo correspondente e assine a nossa newsletter para não perder nenhuma novidade!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply