Decoração

Entenda como criar uma decoração minimalista em casa

fevereiro 18, 2019
Tempo de leitura 6 min

A decoração é capaz de deixar qualquer ambiente bem mais bonito, aconchegante e sofisticado, basta saber aproveitar bem o espaço. Ela ainda pode melhorar bastante a qualidade de vida dos moradores e, dentre todos os estilos existentes no mercado, a decoração minimalista chega trazendo cada vez mais adeptos.

O minimalismo é um estilo que tem por prioridade a organização, onde valoriza a beleza de cada móvel. O grande destaque da decoração minimalista é o pouco uso de itens decorativos no ambiente.

Se você gosta de apostar em novas tendências de decoração e ainda não conhece bem a minimalista, então continue por aqui e veja um pouco mais sobre esse estilo que vem ganhando cada vez mais espaço nos ambientes. Boa leitura!

O que é uma decoração minimalista?

O minimalismo surgiu no início do século XX, com movimentos artísticos e culturais. No entanto, os profissionais da área só aderiram ao estilo por voltas dos anos 80. Essa tendência tem como princípio básico tirar tudo aquilo que não for necessário no ambiente.

O princípio básico é retirar tudo o que for desnecessário em um ambiente, ou seja, os locais são decorados com poucos elementos, cores neutras e formatos geométricos simples, entre outros aspectos.

Como a decoração minimalista preza pela simplicidade, existe um grande predomínio de linhas retas em toda a estética do ambiente, ao invés das curvas e da sinuosidade. Sendo assim, móveis mais retos não se destacam tanto nos cômodos.

Mesmo na questão da tonalidade, a base neutra é essencial para a tendência minimalista. Dessa forma, esse estilo tem como destaque as cores mais básicas e naturais, como o branco, preto, azul, bege e as variações, uma vez que elas criam para o espaço uma base simples e iluminada, que é perfeita para receber os poucos móveis e objetos decorativos.

Como aplicar o minimalismo na decoração?

1. Venda ou troque tudo

Como citado acima, a decoração minimalista tem como princípio reduzir tudo que for de excessivo no espaço. Dessa forma, para que se tenha o mínimo de mobiliário, é necessário fazer uma limpa em todo o ambiente. Portanto, faça uma seleção de todos os seus móveis e itens decorativos e separe o que pode ser retirado.

Com isso, algumas coisas você pode colocar para doação, desde que estejam em bom estado de conservação e possam ser reaproveitadas por outras pessoas.

Agora, como você vai ter que mudar algumas coisas na decoração, terá que comprar materiais novos para compor o espaço. Caso você esteja sem dinheiro para as compras, outra boa opção seria colocar os móveis e objetos descartados à venda.

2. Mantenha o chão e as superfícies limpas

A limpeza é ideal em qualquer ambiente, mas quando se tem uma decoração minimalista, é muito importante que você mantenha todos os pisos e as paredes limpas, para que não altere a harmonia das cores neutras utilizadas nas superfícies.

Como o espaço está mais neutro e sem muitos objetos, qualquer sujeira ou mancha nas superfícies, tanto no chão quanto nos revestimentos da parede, traz um destaque muito grande dentro do cômodo. Por esse motivo, dar mais atenção à limpeza é fundamental.

3. Escolha objetos adequados

Ao apostar no minimalismo, um ponto que precisa de muita atenção é a escolha dos objetos. Nesse estilo decorativo, o mínimo possível de itens é essencial.

No mercado estão disponíveis diversos objetos, de tamanhos e cores variadas, mas que conseguem trazer um pouco dessa tendência. É importante se atentar ao formato, itens e móveis mais retos são os mais adequados para o estilo. Aposte em quadros minimalistas que tenham molduras simples e com cores neutras.

4. Projete uma boa iluminação

Outro fator que deve ser muito bem analisado e projetado é a iluminação do ambiente. É essencial que se invista bastante em luz natural.

Você deve apostar também é um jogo de luzes artificiais, que provoquem destaque nos itens e móveis que estão dispostos no cômodo. Contudo, é importante que o ambiente não fique carregado. Sendo assim, escolha luminárias, lâmpadas e lustres que sejam simples e que sigam a temática de linhas retas.

5. Inclua o verde nos seus ambientes

Outra boa aposta para a decoração minimalista são as plantas, desde que nada seja em excesso. A vegetação traz mais vida para o espaço, além de garantir mais frescor para ele. Busque por plantas bonitas, que harmonizem com todo o cômodo e com a decoração em geral.

6. Escolha o material certo

Por fim, você deve optar por materiais adequados para o mobiliário. Além das linhas retas para garantir a simplicidade do espaço, é importante saber do que as coisas são produzidas.

Sendo assim, escolha móveis que tenham acabamentos simples e que sigam a aparência mais leve, reta e bem definida. Em geral, a madeira é o material que mais traz a pegada do minimalismo.

A madeira traz um ar mais confortável e aconchegante para o cômodo, que é uma característica marcante para o minimalismo. Sua textura harmoniza bastante com a decoração minimalista, ela tira essa visão de que essa tendência deixa o espaço frio e rígido, uma vez que esse material consegue aquecer o ambiente.

Os móveis de madeira estão em diversas opções no mercado, para qualquer tipo de cômodo, então não é tão difícil encontrar aquilo que você precisa. Opte pelo item que mais te agrada, sempre lembrando da necessidade de harmonizar com o espaço.

Uma boa opção para móveis são aqueles feitos com madeira de demolição. Além de muito bonitos, eles trazem mais sofisticação para o espaço. Procure empresas especializadas nesse tipo de móvel para que todos os itens da sua casa sejam de excelente qualidade.

Vale ressaltar que para qualquer projeto de decoração, se você não souber o que fazer, consulte um profissional da área. Ele vai saber exatamente o que preparar para você, de acordo com os seus gostos e preferências. É recomendado procurar um arquiteto ou um designer de interiores. A qualidade da decoração compensa o dinheiro investido nesse serviço.

Gostou de aprender um pouco mais sobre a decoração minimalista? Ficou interessado em ver mais conteúdos como este? Então veja também um guia sobre tudo o que você precisa saber sobre decoração rústica!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário