Decoração

Conheça nosso checklist para mudar de casa sem estresse

janeiro 20, 2019

Se você está saindo de um imóvel alugado para um próprio ou a sua família aumentou e é necessário morar num lugar maior, sabe que apesar ser necessário, mudar de casa não é fácil. Afinal de contas, isso exige que sejam feitas diversas tarefas, desde as pequenas até as maiores.

Nesse contexto, a falta de organização pode tornar esse processo exaustivo e estressante. Para ajudá-lo, trouxemos um checklist de tudo que deve ser programado antes da mudança. Confira!

Tire as medidas do novo imóvel

Há pelo menos um mês da data marcada para a mudança, vá até a sua futura moradia para tirar as medidas dos cômodos e saber se o seu mobiliário vai caber nas dependências programadas.

Se as medidas forem menores, uma dica é organizar uma venda ou uma doação de móveis e compre tudo novo para se adaptar melhor ao local. Caso seja uma casa própria, é interessante também encomendar móveis planejados que se encaixam perfeitamente aos ambientes. Se for esse o seu caso, procure ir com a equipe que vai fabricar o mobiliário o quanto antes a residência para que tudo esteja pronto quando você e sua família chegarem.

Agende o transporte da mudança e comece a empacotar

Logo após a medida, é necessário encontrar uma transportadora e agendar o serviço o quanto antes. A agenda das empresas especializadas costuma estar cheia por um mês inteiro e é necessário escolher uma empresa responsável para evitar que os eletrodomésticos sofram arranhões e avarias.

Já sabendo quais os objetos serão levados, esse é o momento para o início do encaixotamento. Se sua disponibilidade para isso é pouca, não se preocupe, já existem serviços que são especializados em organizar mudanças e guardar de maneira prática móveis, objetos e roupas, evitando que fique tudo para a última hora.

As últimas coisas que serão embaladas serão geladeiras e refrigeradores, que devem ser desligados dois dias antes do transporte e não devem ser tombados para evitar que o óleo de lubrificação do motor não obstrua a passagem do gás de resfriamento.

As camas e os eletrodomésticos de uso essencial, por sua vez, devem ser levados por último também para não atrapalhar a dinâmica da sua rotina doméstica e causar um desconforto para a sua família.

Verifique os detalhes da nova casa

Mesmo que você seja o primeiro locatário ou proprietário do imóvel em questão, considere trocar as fechaduras. Para isso, é preciso fazer o agendamento com um chaveiro de qualidade para evitar que as portas e os portões sejam danificados.

Dependendo do tipo de fechadura, pode ser necessário instalar um reforço para aumentar a segurança do local. Lembre de também fazer cópias das chaves para todos os membros da família.

Se você vai morar em um condomínio, seja vertical ou horizontal, é comum que existam algumas regras, como o horário em que pode acontecer as mudanças. Verifique isso com o síndico ou com a empresa administradora para evitar transtornos.

Nesse momento, aproveite e pesquise como são as contas de gás e de água, se elas são diluídas no valor da taxa do condomínio ou se o pagamento é individual.

Planeje a transferência de serviços

É muito desagradável chegar na casa nova e ficar dias — ou até semanas — esperando a instalação de serviços essenciais para o dia a dia. Assim, com a data da mudança marcada, entre em contato com as suas provedoras de serviços para verificar a disponibilidade para transferência.

Em alguns casos, talvez seja mais simples mudar a titularidade das contas já existentes no novo local. Esse é o caso da conta de energia elétrica e até mesmo da internet.

Por falar em internet, saiba que algumas operadoras não cobrem determinados endereços. Devido a isso, pode ser necessário mudar a empresa de telefonia ou a que fornece a TV a cabo. Muito estresse desnecessário é evitado quando isso é feito com antecedência.

E, por fim, não se esqueça de mudar o seu endereço de correspondência. Dependendo da distância entre os locais, pode ser muito custoso ir buscar cartas que tenham ido para a casa antiga. Entre em contato com bancos e planos de saúde para mudar as informações. Se você assina jornais e revistas, lembre-se de ligar para as editoras para evitar a perda de edições semanais e diárias.

Agende a pintura e a faxina

Ficar em uma casa empoeirada, mesmo que seja temporariamente, é desagradável e pode ser prejudicial para a saúde, especialmente para as crianças. Por isso, busque um serviço de limpeza que deixe tudo brilhando para essa nova fase da sua vida.

E nada de deixar a antiga residência suja! Verifique se a mesma equipe pode realizar a faxina após esvaziar o local. Lembre de que quem se muda também tem a responsabilidade de fornecer a pintura. Assim, procure entre os conhecidos referências de pintores que façam o trabalho com qualidade, sem deixar mancha nos pisos ou marcas nas paredes.

Planeje a decoração

Uma casa sem objetos decorativos, cortinas instaladas e cores nas paredes fica com uma incessante atmosfera de mudança. Mesmo que existam outros detalhes mais urgentes para serem acertados, uma decoração adequada também faz parte do processo de mudar de casa.

Como já foi dito, é preciso ter todas as medidas determinadas, para escolher o mobiliário. Mas, além disso, vale a pena contratar um profissional como um decorador para auxiliar você a deixar esse imóvel com a cara de um lar.

Esse é o momento de colocar em prática projetos decorativos que você planejou e acabou postergando. Sejam acessórios de iluminação diferenciados, uma decoração mais ousada, uma cozinha funcional ou um banheiro mais moderno, não fique com receio. Exponha todas as suas ideias para o profissional e descubra como encaixar o que você pensou com as tendências de decoração atuais!

Pronto! Agora você já sabe o que deve ser planejado ao mudar de casa. Lembre-se de que o importante é contratar serviços de qualidade e agendar tudo com antecedência para evitar transtornos. Dessa maneira a transição de mudança será mais fácil para você e sua família e o estresse ficará longe de sua vida!

Gostou desse post? Então, assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos como esse direto no seu e-mail! 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply