Decoração

Como escolher um sofá ideal? Confira nossas dicas!

setembro 15, 2018
Como escolher um sofá ideal Confira nossas dicas!
Tempo de leitura 6 min

Escolher um sofá faz parte das decisões que precisam ser tomadas para definir a decoração de uma sala. Entretanto, por existirem diversos modelos com tamanhos, formatos, tecidos, cores e estampas diferentes, a tarefa pode ser um grande desafio.

É preciso escolher o mais adequado à rotina da sua casa e considerar que esse é um móvel que remete ao conforto e bem-estar. Por isso, separamos os principais aspectos que você deve levar em conta na hora de adquirir um sofá. Continue a leitura para saber mais!

Tipo de ambiente e função

Externo

Para áreas externas como varandas, churrasqueiras e jardins, os sofás usuais podem se deteriorar rapidamente. Uma boa solução são os bancos de madeira — peças bastante decorativas que contêm treliças ou outros detalhes no encosto. Esse é um tipo de móvel versátil porque pode ser usado com ou sem estofado.

Interno

Quando se trata de um ambiente interno, é preciso analisar quais as principais atividades que serão realizadas naquele lugar. Como a sala de estar costuma ser um recinto mais formal para receber visitas, vale a pena investir em um modelo tradicional de sofá que não seja retrátil, com assentos mais curtos para que as pessoas se sentem eretas e possam interagir melhor.

Esse é um cômodo feito para impressionar os amigos e demonstrar o seu estilo, seja ele vintage, contemporâneo ou clássico. Para isso, planeje a decoração de acordo com o sofá escolhido e coloque objetos que o deixe em evidência. A combinação de assentos pode ser feita por um conjunto de sofás de dois e três lugares ou com o uso de apenas um, com poltronas. Essa última disposição permite maior socialização.

Se você gosta de aproveitar o tempo com a sua família na sala de televisão ou home theater, o conforto e a praticidade devem ser o foco. Por isso, sofás de canto reclináveis e com uma ou duas chaises são ideais. Outra opção para esse ambiente são os sofás-camas que tem a vantagem de servir como cama se você recebe visita com frequência.

No entanto, se na sua casa tem uma sala mista de estar, com tevê, o modelo retrátil é perfeito porque pode ser usado como sofá tradicional ou chaise.

Revestimento do estofado

O acabamento do seu móvel é um fator de extrema importância. Para casas com crianças e animais de estimação, tecidos impermeáveis e com boa durabilidade como o couro e courino facilitam a limpeza e aumentam a vida útil. O couro é um revestimento elegante presente em muitas peças clássicas e que fica ainda mais interessante com o passar do tempo.

O suede é um tipo de tecido macio bem compatível com o ambiente de entretenimento, no qual o conforto é fundamental. Já o chenille e a seda são tecidos permeáveis e de médio conforto. Sua característica estética é muito marcante, além de serem ideais para a formalidade da sala de estar.

Profundidade do sofá

É preciso levar em conta a altura dos moradores para determinar qual profundidade é mais adequada para esse móvel. Para garantir a boa ergonomia, a pessoa deve estar com a lombar apoiada no encosto ao se sentar É necessário também que os joelhos estejam próximos ao limite do assento. Por isso, modelos com grande profundidade podem ser prejudiciais para pessoas de baixa estatura.

Se os membros da família são de alturas diferentes, sofás com almofadas soltas são mais adequados, visto que se ajustam melhor. Além disso, é possível mandar fazer uma segunda almofada para o móvel. Assim, você garante que todos estejam seguros, confortáveis e adiciona uma dose extra de charme à sua sala.

Tamanho do cômodo

A peça a ser escolhida deve estar de acordo com a dimensão da sala em questão. Por isso, é preciso medir todo o recinto. Se o cômodo for estreito e comprido, o móvel deve ser de profundidade menor e de maior comprimento para que a circulação não seja comprometida. Os sofás de canto retráteis são os mais adequados para esse caso.

É preciso estar atento também à largura dos outros elementos do mobiliário. Para que ninguém se esbarre e tropece, é indicado que haja um corredor de pelo menos 70 cm de passagem livre.

Outro ponto muito importante é calcular se a largura da porta da casa permite a passagem do sofá. Já existem modelos que podem ser desmontados para o transporte, mas é preciso conferir isso para não ter dor de cabeça após a compra.

Além disso, para evitar que o cômodo fique confuso, o encosto não deve ser muito alto, especialmente se o móvel estiver no meio de um ambiente conjugado. O ideal é que as linhas sejam proporcionais às medidas dos outros móveis.

Cores e estampas

Escolher um sofá de cor vibrante ou com estampas muito chamativas pode limitar suas opções para o resto da decoração da sala. Esse móvel é um elemento que ocupa boa parte do espaço e, se ele tiver cores fortes, roubará toda a atenção. Então, para que o recinto fique harmônico, ao usar um sofá laranja, por exemplo, os outros objetos devem ser em tons pastéis.

Essa configuração — um grande componente chamativo cercado por outros neutros — pode ser tornar visualmente cansativa com o tempo. A situação gera a necessidade de mudança que pode ser feita pela substituição do estofado ou do sofá. Ambas opções são trabalhosas e acarretam um grande gasto.

Nesse contexto, é mais interessante ter um sofá de cores neutras como bege, branco, marrom e cinza. Isso permite ousar em outras escolhas e deixar que as mantas, almofadas, tapetes e luminárias deem o toque de cor no ambiente. Assim, com mudanças simples é possível ter uma nova sala sempre que desejar.

Posicionamento

Apesar de não ser uma regra, o sofá posicionado de frente para quem chega torna o ambiente mais receptivo. Se isso não for possível, fotos da família em um aparador causam o mesmo efeito.

Depois dessas valiosas dicas, temos certeza que você já sabe como escolher um sofá ideal para cada ambiente da sua casa e que proporcione bem-estar para você e sua família. Lembre-se que é importante analisar as funções esperadas do seu móvel para fazer a opção correta de acabamento, cor, modelo e tamanho.

E aí, gostou do post? Então, curta a nossa página no Facebook e seja o primeiro a ver nossas postagens sobre decoração!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário