Dicas

Afinal, quando contratar arquiteto, designer de interiores ou decorador?

outubro 2, 2018

Iniciar uma obra não é uma tarefa fácil. A primeira dúvida que pode aparecer nesse momento é saber qual profissional é necessário contratar: arquiteto, designer de interiores ou decorador?

Também surgem outras dúvidas como qual o tipo de obra precisa de documentação e qual é o profissional que pode fornecê-la?

Tudo depende do que você pretende fazer na sua reforma ou construção. Para acabar com as suas dúvidas e ajudá-lo nessa escolha, acompanhe este artigo.

Saiba porque é preciso contratar um profissional

O primeiro passo é entender que é preciso, sim, a ajuda profissional durante uma obra. Isso porque são inúmeros detalhes que só quem está bem familiarizado com o assunto vai conseguir resolver da melhor maneira.

Mas antes de contratar o especialista, é preciso definir qual o objetivo da obra. Faça uma lista de tudo o que deseja fazer e depois disso, identifique qual é o profissional que faz a atividade que você está precisando.

Contratar uma pessoa capacitada é extremamente importante. Isso, pela tranquilidade de saber que sua obra está nas mãos de uma pessoa experiente. Além disso, um especialista poderá auxiliar a escolha dos materiais mais adequados e resistentes, bem como na quantidade correta.

Outro item importante é a duração da obra. Um especialista agilizará o processo, já que esse profissional possui uma equipe de colaboradores e você não precisará correr atrás de pedreiros, eletricistas, gesseiros etc.

Por isso, entender o que faz cada profissional é muito importante, pois assim você pode escolher qual deles realmente é necessário para sua obra.

Entenda o que faz o arquiteto

Primeiro, vamos entender o que faz o arquiteto. Ele é o profissional formado em Arquitetura e Urbanismo e dever ter registro no Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) para o exercício da profissão.

Além disso, é a pessoa capacitada para fazer projetos de arquitetura, de paisagismo, de interiores, entre outros. Por isso, é capaz de conduzir uma obra ou reforma do início ao fim.

Além de reformas estruturais, o arquiteto tem conhecimentos para fazer projetos de iluminação, de ar-condicionado, entre outros.

Desde 2014, para fazer reformas estruturais em condomínios é exigido a RRT – Registro de Responsabilidade Técnica – para arquitetos; ou ART – Anotação de Responsabilidade Técnica – para engenheiros.

Nesse documento, todas as informações referentes à obra, como os projetos arquitetônicos, hidráulicos e elétricos, assim como os serviços executados, ficam registrados no sistema. Isso garante que a reforma tem um responsável técnico, que inclusive responde civil e criminalmente por ela.

Saiba quais reformas precisam de RRT ou ART:

  • alterações na parede;
  • troca de pisos e revestimentos;
  • mudanças no projeto elétrico;
  • alterações no projeto hidráulico;
  • mudanças no projeto sanitário;
  • projetos de mobiliário fixo, como balcões, estantes, nichos etc.

Saiba qual a função do designer de interiores

A formação do profissional de designer de interiores pode ser bacharel ou técnico. Esse profissional tem a regulamentação da profissão pela ABD – Associação Brasileira de Designers de Interiores.

O designer de interiores é responsável por reformas em ambientes internos, desde que não haja mudanças estruturais. Isto é, não pode quebrar paredes, mudar tubulações etc. Algumas de suas atividades são:

Paginação de revestimentos

A paginação de revestimentos é o projeto de colocação de pisos e revestimentos. Isso porque deve ser feito um projeto para definição de como ele será assentado, quais os recortes necessários etc.

Paginação de gesso

A paginação de gesso é o projeto de aplicação de gesso no teto, como rebaixos, sancas, rasgos de luz etc. Vale lembrar que a aplicação de gesso também pode ser feita na parede para construção de nichos iluminados e outros.

Projeto de iluminação

No projeto de iluminação, além da distribuição de pontos de luz, também podem ser projetadas instalações de caixas acústicas e pontos de rede.

Outras atividades do designer de interiores são pintura, projeto de móveis e decoração.

Conheça as atividades de um decorador

O decorador é o profissional que pode ter feito um curso profissionalizante rápido ou até mesmo ser uma pessoa de bom gosto, autodidata e com conhecimentos de decoração.

Esse é o especialista que vai transformar a sua casa em um lugar bonito e acolhedor, já que conhece todos os estilos de decoração. Com o seu conhecimento e bom gosto é capaz de transformar ambientes.

O decorador pode fazer atividades como:

  • definir o estilo da decoração;
  • definir os acessórios do ambiente, como tipo de lustre, tapetes, objetos decorativos etc;
  • definir as cores das paredes;
  • definição de mobiliários soltos, como sofás, mesas e cadeiras, camas etc.

É importante dizer, que o decorador não pode executar nenhum tipo de obra e também não pode fazer projetos de iluminação, gesso ou mobiliário fixo.

A função do decorador é um tanto limitada, por isso muitos arquitetos e designers de interiores agregaram essa função às suas atividades.

Faça a escolha correta entre arquiteto, designer de interiores ou decorador

Agora que você já tem a sua lista de atividades para a sua obra e já sabe o que cada profissional faz, já pode escolher se vai contratar arquiteto, designer de interiores ou decorador.

Para não errar na escolha, tenha em mente que para cada estágio da obra um tipo de profissional se encaixa melhor.

Se você for fazer uma reforma estrutural, o ideal é trabalhar com os três profissionais, um em cada etapa da reforma.

Isso porque, inicialmente o arquiteto é o profissional indicado para definir o que será e como será feita a obra. Logo em seguida, o designer de interiores é o especialista indicado para cuidar do aproveitamento do espaço interior, da iluminação, da temperatura etc.

Por fim, entra o decorador para dar o acabamento, deixando o ambiente de acordo com o estilo de decoração escolhido.

Entretanto, se sua reforma não for estrutural, você pode contratar o designer de interiores, já que esse profissional trabalha para proporcionar a funcionalidade e conforto do ambiente.

Por fim, se o que está buscando é apenas uma mudança estética em seu ambiente, um decorador será o profissional certo para suas necessidades.

Gostou do nosso artigo sobre quando contratar arquiteto, designer de interiores ou decorador? Então siga-nos no Facebook e Pinterest e acompanhe nossas postagens.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply