Decoração

6 dicas para escolher o rack ideal para sua sala

dezembro 21, 2018

Há tempos que as antigas estantes perderam lugar nas salas das casas para os racks. Aqueles móveis antigos ocupavam muito espaço e deixavam a decoração limitada. Já o rack para a sala é prático e funcional e pode ser combinado com qualquer estilo.

Neste texto, trouxemos 6 dicas para te ajudar a escolher um rack para sala que se encaixe perfeitamente com as suas necessidades, sem deixar a beleza de lado. Vamos lá!

1. Escolha um móvel de tamanho adequado

As dimensões do rack que você comprará devem ser proporcionais ao tamanho do ambiente em que ele ficará e às medidas do aparelho de TV. Além disso, é preciso prestar atenção ao tamanho de outros elementos do cômodo, para que fique balanceado.

O móvel precisa ser largo o suficiente para que caiba a televisão e para que o aparelho fique centralizado, sobrando espaço dos dois lados e evitando a aparência de estar em uma área apertada.

Para uma sala pequena, é preciso ter cuidado com o comprimento do rack para que o ambiente não fique atravancado. Da mesma maneira, um cômodo amplo perde elegância com um móvel muito estreito.

A distância entre o rack e as poltronas e os sofás também deve ser considerada, porque existem distâncias mínimas e máximas entre o televisor e quem está assistindo, dependendo do número de polegadas.

2. Considere o fundo do rack

É muito comum usar um painel junto com o rack, compondo a decoração. A tevê pode ser instalada no painel, liberando espaço no rack. Isso permite que o aparelho fique numa altura mais adequada para a visão.

Essa combinação é adequada principalmente para uma quantidade maior de polegadas, a partir de 42. Com isso, é possível planejar para que a angulação fique próxima a 24 graus, que é o recomendado para melhor visualização da TV. Outra vantagem é que a fiação não fica à mostra, deixando o visual mais clean.

Os painéis podem ter diferentes tamanhos, cores e texturas. Painéis de MDF são muito comuns, mas é possível fazer escolhas menos usuais. Um painel feito com palete complementa um visual rústico, já um acabamento espelhado ajuda na ampliação de um cômodo menor.

Além dos painéis, a parede de fundo do rack pode ser decorada de outras maneiras. Uma boa ideia é utilizar papel de parede ou uma texturização com tijolinhos brancos. Outra opção é cobrir a parede com quadros ou até com prateleiras.

3. Aposte em cores neutras

A utilização de cores na decoração de interiores costumar gerar dúvidas devido à variedade de opções existentes. Por isso, optar por um rack de tonalidade neutra aumenta o número de possibilidades em relação aos demais elementos decorativos.

Um rack com acabamento em laca de cor branca pode ser um complemento a uma decoração clean, com outros móveis em tons pastéis. Em uma outra proposta, ele pode ser usado como contraste a tonalidades escuras.

O acabamento de madeira também pode ser considerado neutro, porque se encaixa bem com diferentes estilos e elementos decorativos. Nesse caso, é preciso levar em conta o tamanho do ambiente, porque uma madeira muito escura pode comprimir ambientes que já são pequenos.

Os móveis nas cores preto e branco também podem ser considerados neutros e são uma tendência atual. Com eles, objetos coloridos têm maior destaque e a elegância é garantida. Os racks nessas cores também favorecem a iluminação, porque é possível criar nuances de sombras e luzes.

4. Escolha um rack funcional

Não é apenas a TV que irá ocupar o seu rack. Ele deve ter espaço para outros eletrônicos, como caixas de som, home theaters e consoles de jogos. Assim, esse móvel deve ter nichos destinados a esses objetos, de forma que tudo fique organizado.

Além disso, se você possui uma coleção de DVDs, jogos e livros, um rack que conte com gavetas faz toda a diferença. Já se sua intenção é deixar esses elementos à mostra, aposte nos móveis que contam com prateleiras, que são perfeitas para deixar tudo à mão e transformar a sua sala em um centro de entretenimento.

Há ainda os racks que possuem portas deslizáveis para esconder as prateleiras e nichos que só são abertas no momento do uso. Isso deixa o visual do ambiente menos poluído, e mantém um estilo mais harmônico.

Esses móveis podem ser utilizados também para fazer uma divisão de ambientes. Isso é possível principalmente quando seu mobiliário é planejado. Essa é uma aplicação interessante para residências menores, especialmente apartamentos.

Com isso, é possível estabelecer um limite entre a sala e a cozinha, por exemplo. O rack separa os cômodos e pode ainda ser acoplado com uma bancada, fazendo o papel de ambiente de jantar.

5. Combine o móvel com a decoração do ambiente

Escolher um rack com cores neutras ou com muitas funcionalidades pode não ser a sua prioridade. Por isso, é importante que você leve em consideração o seu estilo decorativo antes de se decidir.

O uso de tonalidades mais fortes não é proibido para esse tipo de mobiliário; pelo contrário, é muito bem-vindo. O rack todo pode ser de uma cor ou de duas cores. Você pode também apostar no estilo retrô, com um rack em madeira com as portas coloridas.

Há também os móveis que combinam com a decoração clássica. São imponentes e sóbrios, com detalhes elegantes, pés talhados e arabescos.

Outra boa opção é fazer uma repaginação de peças antigas para obter um móvel completamente autêntico. Cômodas, armários ou até mesmo baús podem ser reutilizados como racks para criar um ambiente vintage.

6. Considere usar um rack suspenso

O rack suspenso é preso na parede e não possui pés. A área abaixo dele fica livre e, com isso, é possível encaixar pufes, que são acentos extras em frente a tevê. Esse tipo de móvel é ideal para garantir um aproveitamento melhor do espaço e para proporcionar uma decoração mais clean.

Esse mobiliário não perde em nada para os outros do mesmo tipo porque aparece em diversos modelos que contam com nichos e prateleiras utilitárias.

Depois dessas dicas, ficou bem mais fácil escolher o rack para sala ideal para você. Lembre-se de levar em conta o seu estilo e as suas necessidades para fazer a escolha certa!

Gostou deste conteúdo? Então entre em contato conosco e conheça os nossos móveis feitos sob medida para atender a todos os gostos!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply